25 de abr de 2010

EVO DE COLOMBO - tutty vasques








reprodução
reprodução

No princípio, era o pinto! Só muito tempo depois – mais precisamente anteontem – Evo Morales percebeu que, crescido à base de hormônio feminino, o frango que a gente come por aí estimula a homossexualidade e a queda de cabelo – não necessariamente nesta ordem. Claro que existem carecas heterossexuais e gays topetudos, mas estes, pela tese do presidente boliviano, soltaram a franga antes que ela ganhasse corpo para lhes servir de alimento.

Cochabamba tremeu com o alerta de Evo Morales aos homens que comem frango. “Do pinto viestes, para o pinto voltarás!” Foi, em resumo, o que advertiu a uma platéia absolutamente perplexa na Conferência Mundial dos Povos Sobre Mudanças Climáticas. Daqui a 50 anos, previu, todo mundo será calvo feito ovo.
Afora uma minoria de gays e/ou carecas que ainda leva Evo Morales a sério, a revelação virou piada pronta nos quatro cantos do mundo. Em Miami, por exemplo, tem gaiato dizendo que Rick Martin saiu do armário de tanta galinha cheia de hormônio que ele traçou.

Também tem lá sua graça imaginar que, desse jeito, Hugo Chávez vai acabar perdendo o primeiro lugar no ranking de maluquices pronunciadas em público por chefes de estado sul-americanos. O Lula, como se sabe, é hors-concours nesta modalidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário