16 de jul de 2009


deu no JB

Opinião do editor

A favor

Rodrigo de Almeida

EDITOR EXECUTIVO

Admita-se como aceitável a tosca piada de que somente três coisas dão cadeia no Brasil: matar animais, desmatar e não pagar pensão alimentícia. A reação imediata dos incrédulos nacionais é esbravejar contra a injustiça jurídica – se tantos maganos de colarinho branco escapam da prisão, por que punir um devedor de pensão? Não importa se for Romário, Celso Pitta ou um Rodrigo qualquer, a questão espanta do mesmo jeito (ignora-se que, neste caso, a Justiça dá um prazo de três meses para os inadimplentes). É o típico ardil reacionário: você reconhece que uma coisa deve ser feita, mas astuciosamente condiciona a sua execução a outra medida, sempre razoável. Ou seja: enquanto não se fizer B, também não se pode fazer A. O truque contamina até quem deseja sinceramente endireitar o torto. No fim das contas, só enaltece a parolagem e nivela por baixo nosso histórico de punições.


Nenhum comentário:

Postar um comentário